Fisioterapia.pt

Pilates Clínico

O que é o Pilates Clínico?

O Pilates é um método de treino criado por Joseph Pilates após a 1ªGuerra Mundial com o objetivo de exercitar os vários prisioneiros que se encontravam hospitalizados. É constituído por uma grande variedade de exercícios que têm como objetivo melhorar o movimento do corpo, criando uma melhor estabilidade das articulações através do fortalecimento do core e dos quatro membros.

O Pilates era inicialmente procurado por bailarinos e ginastas com o objetivo de melhorar a sua performance- Atualmente a população que procura este método de treino mudou, começando a incluir idosos, grávidas e indivíduos com queixas a nível vertebral, provocando a necessidade de desenvolver uma vertente do Pilates direcionada para a reabilitação, diminuindo a dificuldade dos exercícios e adaptando-os a cada indivíduo.

Os benefícios variam de acordo com a frequência e intensidade com que é praticado, no entanto existem benefícios comuns a todos os praticantes do Pilates Clínico:

  • Melhoria da consciência corporal
  • Melhoria da postura e aumento da capacidade de autocorreção
  • Diminuição de tensões musculares e possíveis dores associadas
  • Aumento da mobilidade articular e flexibilidade muscular
  • Aumento da força muscular generalizada

No entanto existem também benefícios mais específicos tendo em conta a população que procura este método de treino.

No caso das grávidas:

  • Manutenção ou melhoria do nível de atividade física
  • Prevenção da incontinência urinária
  • Relaxamento
  • Prevenção de dor pélvica ou lombar
  • Preparação para o parto

No caso dos idosos:

  • Melhoria da capacidade respiratória
  • Melhoria do equilíbrio estático e dinâmico
  • Diminuição do risco de queda
  • Melhoria do desempenho nas atividades do dia-a-dia
  • Previne o sedentarismo

O Pilates Clínico começa atualmente a ser muito utilizado também nas recuperações após mastectomia, com benefícios nas amplitudes articulares, na postura e na prevenção do aparecimento do linfedema no membro superior.

Para que seja possível atingir os benefícios acima descritos, as aulas de Pilates Clínico guiam-se por 6 princípios muito importantes:

  • Respiração – Durante a realização dos exercícios é pedido que seja utilizada uma respiração torácica, expirando sempre durante o movimento que causa maior instabilidade.
  • Centro – De forma a proteger a coluna lombar e a região pélvica é essencial manter uma contração constante da musculatura abdominal profunda, durante os exercícios.
  • Concentração – O foco durante as sessões de Pilates Clínicos deve estar no seu corpo, na sua mente e no exercício que está a ser realizado, de forma a conseguir comprometer-se totalmente com o treino.
  • Precisão – A realização dos exercícios de forma eficiente sem nunca esquecer da respiração e contração muscular.
  • Controlo – A importância do controlo do movimento contra gravidade ou contra a resistência dos aparelhos é essencial para um movimento eficaz.
  • Fluidez – A fluidez dos exercícios é necessária para que facilite a aplicabilidade de todos os princípios anteriores e ainda para cativar o praticante.
Bibliografia:
(1) Hides JA, Jull GA, Richardson CA. “Long term effects of Specific stabilising exercises for first episode low back pain.” Spine 2001 June 26(11) e243 – e248
(2) Hodges P. “Is there a role for transverses abdominis in lumbopelvic stability? Manual Therapy 1999 4(2) 74-86
(3) O’Sullivan P. “Lumbar Segmental Instability: A clinical Perspective and Specific Stability Execise Management.” J of Manual Therapy 2000 Feb (1) 2-12
(4) Urquhart DM, Hodges PW, Allen TJ, Story IH. “Abdominal muscle recruitment by a range of voluntary exercises.” J. Manual Therapy 2005 May 10 (2) 144-153

 

Fisioterapeuta Marta Gonçalves

Adicionar comentário

Follow us

Don't be shy, get in touch. We love meeting interesting people and making new friends.

Most popular

Most discussed